Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


População conta com farmácia básica na Unidade de Saúde

Publicado em 20/06/2012 às 00:00 - Atualizado em 18/03/2014 às 13:29

Entrega_de_medicamentos_na_Farmacia_Basica_integrada_a_Unidade_de_Saude_Municipal Baixar Imagem

ERMO (20/06) - Um estoque de medicamentos básicos encontra-se a disposição dos moradores de Ermo, através da Farmácia Básica integrada a Unidade de Saúde Central. A farmacêutica responsável, Mariana Pereira Possamai Della, faz a entrega da medicação perante prescrição médica; além de fornecer informações sobre o uso correto, dosagem e posologia dos medicamentos.

A Unidade também realiza a entrega de medicamentos a domicilio para hipertensos e diabéticos. O paciente faz um cadastro e recebe em casa mensalmente a medicação, através das Agentes Municipais de Saúde.

Maior parte dos medicamentos que compõem a Farmácia Básica é fornecido pelo município, através de recursos próprios. Segundo Mariana, o paciente precisa levar receita médica para receber a medicação, evitando assim, a automedicação, superdosagens e resistência a antibióticos. “Temos bastante cuidados na dispenssação, por isso a necessidade de prescrição médica. É importante que os pacientes saibam que medicamentos devem ser usados quando necessário e na maneira correta”, ressalta ela.

A Farmácia da Unidade de saúde Central possui os medicamentos que constam na relação nacional da farmácia básica, ou seja, obrigatório o fornecimento pelo SUS entre outras classes e tipos. Entre eles, anti-hipertensivos, medicamentos para diabéticos, hipertensos, analgésicos, antibióticos, polivitamínicos, anti-inflamatórios, anti-fúngicos, anti-helmínticos , anti-ácidos, anti-ulcerosos e injetáveis. Além destes, é fornecido pelo município também, medicação que atende a problemas de saúde mental, como problemas relacionados à depressão, ansiedade, mal de Parkinson, epilepsia, esquizofrenia, calmantes e ansiolíticos. Estes medicamentos são controlados (controle especial e psicotrópicos) e são fornecidos para o tratamento de dois meses, perante retenção de prescrição médica.

Além da medicação básica, Mariana lembra que são distribuídos ainda, medicamentos judiciais e de alto custo, fornecidos pelo Governo do Estado, mediante processo realizado. Fraldas geriátricas para acamados e fraldas infantis para crianças com problemas de saúde, também são fornecidos gratuitamente.

A Farmácia Básica é aberta das 7h30mim às 11h30mim e das 13 às 17 horas.

FONTE: Assessoria de Imprensa

 


Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Arquivos